Academia Imperatrizense de Letras homenageia Waldir Braga

O ocupante da cadeira 22 da Academia Imperatrizense de Letras morreu no dia 12 de fevereiro

PERDA Reprodução Academia Imperatrizense de Letras homenageia Waldir Braga
Hyana Reis

Hyana Reis
19/02/2019 12:00 atualizado em 19/02/2019 13:52

A Academia Imperatrizense de Letras (AIL) prestou homenagens ao escritor e jornalista Waldir Braga, ocupante da cadeira 22. O membro da AIL morreu no último dia 12 de fevereiro, aos 90 anos de idade.

Por meio de nota, a instituição lamentou a perda de Waldir Braga. "O acadêmico e jornalista deixou uma forte marca de sua personalidade e aguçada consciência crítica de sua missão no mundo, pugando incansavelmente por tudo o que acreditava", diz nota da instuição.

Na última reunião, membros da Academia Imperatrizense de Letras realizaram a cerimônia de descenso do quadro de Waldir Braga da galeria dos imortais. O quadro foi entrega à famlia durante a missa do sétimo dia. 

Cerimônia de descenso do quadro de Waldir Braga. (Foto: Reprodução)

Trajetória

Waldir Azevedo Braga nasceu em Carolina e atuou como jornalista e político na região tocantina. Foi repórter do jornal Tribuna Popular, no Rio de janeiro, e colaborou ainda com outros períodicos, incluindo o Jornal O Progresso, em Imperatriz.

Foi vereador em Carolina, e chegou a presidir a Câmara Municipal da cidade. Exerceu ainda cargo de secretário municipal de Educação. Em seus últimos anos de dedicou do jornal Folha do Maranhão do Sul, com sede em Carolina.

(Com informações da assessoria)

Instagram @correioma