Exposição comemora 196 anos de adesão do Maranhão à Independência

Está disponibilizado ao público a memória desse importante momento histórico por meio de documentos, originais e secundários

VISITA Divulgação Exposição comemora 196 anos de adesão do Maranhão à Independência

Sectur
20/07/2019 11:48

O Arquivo Público do Estado do Maranhão (Apem), casa de cultura vinculada à Secretaria de Estado de Cultura (Secma), realiza a exposição “196 anos da Adesão do Maranhão à Independência”, em comemoração ao reconhecimento e admissão do Estado à Independência do Brasil.

Com essa exposição, o Apem disponibiliza ao público acesso a memória desse importante momento histórico por meio de documentos, originais e secundários. São oferecidos ao público documentos arquivísticos e obras raras que retratam momentos históricos do processo de adesão do Maranhão à Independência do país.

Pelos documentos e relatos, sabe-se que o governador do então estado colonial português, juntamente com grande número de portugueses que aqui viviam, iniciaram intensa repressão aos que propagavam a favor da Adesão do Maranhão à Independência, sobretudo no interior do estado. Somente em 28 de julho de 1823, quase um ano depois da emancipação do Brasil, o Maranhão aderiu a Independência.

A partir desse acontecimento, o Maranhão deixa de ser Estado Colonial de Portugal para se constituir em Província do Império do Brasil. Os governantes passam a ser escolhidos pelo imperador do Brasil com o título de Presidente da Província do Maranhão.

Instagram @correioma