Maranhão receberá o primeiro festival voltado para arte de rua

O 'Kebrada' acontece de 29 de novembro a 22 de dezembro com programação voltada para a rima, música, grafite e dança: elementos do Hip Hop

PROGRAMAÇÃO Reprodução Maranhão receberá o primeiro festival voltado para arte de rua

Imparcial
26/11/2018 11:20 atualizado em 26/11/2018 13:26

Rima, música, grafite e dança – esses são os quatro elementos fundadores do Hip Hop. Prometendo ser o maior festival do gênero já realizado no Maranhão, o Kebrada vai do dia 29 de novembro e até 22 de dezembro e contará com mais de 30 shows, apresentações de dança, gratagem coletiva e batalhas com premiação – tudo totalmente gratuito. Distribuído entre o Itaqui-Bacanga, Cidade Operária e Divinéia, o evento será regido por quatro curadores: Mc Alcino, Costelo, Jonas e Glauciane Pires.

Além de shows, o evento oferecerá 25 oficinas de rima, bboy e grafite, assim como duas conversas abertas voltadas tanto para artistas experientes na área quanto para iniciantes. Para se inscrever nas oficinas, basta enviar um e-mail para contato@ccvma.org.br com seu nome, telefone e a oficina que deseja fazer; ou ligue para 3232-6363. 

Este será o maior evento de cultura hip-hop já realizado no Maranhão.“Como uma das grandes expressões artísticas das periferias, o movimento hip-hop é um exemplo da força transformadora da cultura. Seus artistas usam a rima, o som, o corpo e a tinta para se expressar de forma contundente e questionadora. Além disso, o movimento tem uma atuação social forte, principalmente junto ao jovem. Por isso tudo, achamos importante abrir o centro cultural para o hip-hop e convidamos guras referenciais do movimento para criar o festival com a gente e fazer a curadoria da nossa programação de dezembro.”, explica Paula Porta, curadora do CCVM.

Instagram @correioma