Pôr do sol Cultural realizou edição na praia em homenagem ao Tico

O evento aconteceu nesse final de semana na Praia do Cacau e homenageou o artista de rua que foi assassinado no mês passado

PROGRAMAÇÃO Reprodução Pôr do sol Cultural realizou edição na praia em homenagem ao Tico
Hyana Reis

Hyana Reis
22/07/2019 12:38 atualizado em 22/07/2019 15:22

“Nosso Tico” foi evento realizado nesse final de semana pelo projeto Pôr do Sol Cultural de Imperatriz. A edição ocorreu na Praia do Cacau e homenageou o artista de rua Francisco Adimael, conhecido como Tico, assassinado no mês passado por sua companheira. 

O evento teve como objetivo homenagear a trajetória e legado do artista de rua de Imperatriz, que também fazia parte do grupo Trupe de Habilidade Circense. Para isso, o Pôr do Sol Cultural reuniu atrações locais de diversos segmentos da arte, como música, dança, teatro e poesia.

Foram mais de seis horas de programação, que iniciou ao entardecer e seguiu até à madrugada. Participaram dessa edição o grupo Studio de danças Djane Monteiro, a dupla Beto e Lucas, MC Namboy e MC Célio, Banda Crow's Hut, Ban'd Zé, Banda Opala 66, Banda The Graus e os Dj's Vitex, Lusion Bass, 3US, Nicodellic DJ Cosmo. 

"Foi lindo, o público cada vez maior, emanando boa vibe. O nosso agradecimento à familia do homenageado, e a todos que participaram dessa manifestação cultural da nossa cidade", avaliou o organizador do evento, Francisco Aldebaran.

O projeto

Feirinha Beira Rio ocorrerá junto com o evento 'Pôr do Sol Cultural'
O projeto busca valorização dos artistas. (Reprodução)

O projeto Pôr do Sol Cultural foi concebido pelo Instituto Francisco Aldebaran de Cultura e Promoção Social com o objetivo de promover eventos que estimulem a diversidade a Arte Alternativa em Imperatriz, com valorização dos artistas autorais, por meio de apresentações e manifestações culturais.

Segundo os idealizadores, o Pôr do Sol Cultural se propõe a "levar a arte e cultura para todas as idades e sexualidades, e fazer de Imperatriz o maior polo cultural do país", explica Einstein Shatryany, diretor-executivo do projeto.

Instagram @correioma