Presa dupla de assaltantes que fez arrastão na noite de terça-feira

Dos quatro assaltantes apenas dois foram presos. A polícia recuperou uma arma de fogo e os celulares das vítimas

POLÍCIA Antonio Pinheiro Presa dupla de assaltantes que fez arrastão na noite de terça-feira
Antonio Pinheiro

Antonio Pinheiro
26/06/2019 09:43 atualizado em 26/06/2019 13:36

Policiais Militares do 3° Batalhão de Polícia Militar fizeram a prisão em flagrante de uma dupla acusada de participar de um arrastão na noite de terça-feira (25), crime que aconteceu nos bairros Bom Sucesso, Santa Rita e Vila Cafeteira.

A dupla presa estava num veículo pálio NWX 5215 cor azul em companhia de mais dois indivíduos que a polícia não conseguiu localizar.

Veículo utilizado pelos assaltantes. Foto: Reprodução

Os presos foram identificados como Moisés dos Santos Oliveira, 19 anos, morador da Vila Lobão, e Maurício Sousa Rodrigues, 32 anos, moradore do bairro na Vila JK.

Maurício possui várias passagens pela polícia pelo crime de roubo. De acordo com a polícia, Moisés era quem conduzia o carro nos assaltos.

Arma de fogo apreendida pela polícia. Foto: Reprodução

A primeira prisão foi de Moisés. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições intactas e dois celulares das vítimas. Ele informou aos policiais a casa de Maurício. Um terceiro envolvido nos roubos também foi identificado.

Em um dos assaltos, o assaltante que não foi preso chegou a efetuar um disparo em direção ao pai de uma das vítimas. O crime aconteceu no bairro Santa Rita.

Todas as vítimas compareceram ao Plantão Central, onde fizeram o reconhecimento dos dois assaltantes e seus objetos apreendidos.

A dupla Maurício e Moisés foi autuada em flagrante pelo crime de roubo. Na manhã de quarta-feira (26) os dois foram encaminhados para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz. O assaltante Maurício Sousa informou a polícia ser integrante da organização criminosa Comando Vermelho (CV) e pediu para não ser colocado em cela onde tem membros do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Celulares recuperados. Foto: Reprodução
Instagram @correioma