Sandow Feques não é mais o técnico do Maranhão

Treinador foi demitido após não conquistar nenhum ponto nos três jogos realizados. O MAC é o lanterna do seu grupo

FUTEBOL Assessoria/MAC Sandow Feques não é mais o técnico do Maranhão
Carloto Junior

Carloto Junior
20/05/2019 14:50 atualizado em 20/05/2019 16:32

Sandow Feques não é mais o técnico do Maranhão Atlético Clube (MAC). Ele foi demitido na manhã desta segunda-feira (20), após a derrota para o Atlético Cearense no sábado (18) por 4 x 3, válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. Com a derrota, o MAC permanece na lanterna do Grupo A05, sem nenhum ponto até o momento. Nos três jogos realizados, o Maranhão perdeu todos: (2 x 1 para o Altos-PI, em casa; 3 x 0 para o Centrar, fora e 4 x 3 para o Atlético-CE, fora.) O substituto ainda não foi confirmado.

A diretoria atleticana divulgou uma nota sobre a demissão de Sandow Feques: “A diretoria do Maranhão Atlético Clube informa o desligamento do treinador Sandow Feques. A decisão ocorreu em comum acordo, entre a direção do clube e o técnico. O MAC agradece ao profissional pelos serviços prestados à instituição e deseja boa sorte em sua carreira”.

Em seguida, a diretoria havia convocado a imprensa para a apresentação do novo treinador que, ainda, não teve seu nome divulgado, na tarde desta segunda-feira, mas adiou para esta terça, segundo a assessoria de imprensa, devido a atraso no voo que está trazendo o profissional. Dois nomes estão sendo especulados para assumir o MAC: Vinícius Saldanha e Raimundinho Lopes. Ambos já passaram pelo Maranhão, inclusive com conquista de títulos. O treinador da categoria Sub-19, Marlon Cutrim, foi procurado pela diretoria para assumir o time, mas preferiu ficar nas categorias de base. O auxiliar técnico de Sandow, Paulo César, vai ficar à frente do time até a chegada do novo comandante.

O MAC reiniciou os treinamentos na tarde desta segunda-feira no Parque Valério Monteiro, com pequenas chances de classificação para a segunda fase da Série D. Restando três jogos, o Bode Gregório precisa vencer todos e torcer para que seus adversários não ultrapassem os 9 pontos.

A missão quase impossível do Maranhão começa na sexta-feira (24), às 20h30, no estádio Castelão, em São Luís, com o mesmo Atlético que ele perdeu na última rodada.

Instagram @correioma