Tiago Iorc grava Acústico MTV e apresenta músicas inéditas

Depois de passar mais de um ano longe dos palcos, o cantor fez sua primeira aparição ao vivo para gravar o especial

MÚSICA Reprodução Tiago Iorc grava Acústico MTV e apresenta músicas inéditas

Uol
31/05/2019 09:59 atualizado em 31/05/2019 15:55

Depois de ficar mais de um ano escondido, Tiago Iorc fez sua primeira aparição ao vivo para cerca de 250 convidados no estúdio Quanta, em São Paulo, para gravar o especial Acústico MTV.

Ao todo, foram quase quatro horas de gravação e o artista apresentou 20 músicas, sendo duas inéditas ("Lôra" e "Do Que Você Tem Medo?") e um cover de Billie Eilish, na música "Bellyache", que ganhou umas batidas de capoeira. O programa deverá ser exibido pela MTV em setembro.

Climão dos anos 1990

O retorno de Tiago Iorc marcou também a volta do formato clássico da MTV, aposentado há oito anos, com direito a palco 360 graus, cercado pela plateia, tapetes no chão e ar esfumaçado, recriando o climão dos programas dos anos 1990 e 2000.

Porém, se no passado os álbuns acústicos costumavam vender horrores, desta vez não haverá lançamento em CDs nem em DVD. Todas as faixas serão disponibilizadas individualmente nas plataformas de streaming. No palco, Tiago Iorc foi acompanhado do americano Jeremy Gustin na bateria, Isaías Elpes no baixo, Mateus Asato no violão e Roberto Pollo (integrante da atual formação do Legião Urbana) no piano.

Convidados especiais

Como é tradição em todos os acústicos, Tiago contou com participações especiais. Uma delas foi a de Duda Beat, que subiu ao palco com um vestido longo em degradê de amarelo e laranja para cantar "Tangerina". A outra foi o cantor uruguaio Jorge Drexler, que cantou em português "Me Tira Para Dançar".

Sobre Duda Beat, Tiago Iorc disse que conheceu a artista há apenas um mês. "Tive a feliz alegria de ouvir esse sotaque gostoso. Duda Beat é uma cantora querida", disse Tiago. Do uruguaio, Tiago afirmou que ele é o seu cantor favorito e com certo exagero disse que ele é um "dos artistas mais famosos do mundo". Drexler contou que tinha acabado de chegar de Montevidéu direto para a gravação.

Família na plateia

Os pais e a irmã de Tiago Iorc também estavam na plateia. A mãe não se continha de felicidade e ria a cada gracejo do filho. Um momento especial, no entanto, fez ela chorar, quando Tiago cantou "A Vida Nunca Cansa", que tem os versos "Nessa guerra pela paz / Nessa insana lucidez / A vida nunca cansa / Por que será".  Ao final da apresentação, o artista foi até os pais para agradecer e deu um beijo em cada integrante da família.

Repertório do novo disco

O show basicamente contou com as faixas do novo disco "Reconstrução", mas o artista incluiu no repertório dois de seus hits mais famosos: "Amei Te Ver", que ganhou uma pegada mais intimista, e "Coisa Linda", que foi apresentada com uma nova batida, feita por Jeremy Gustin.

Das antigas, Iorc apresentou ainda "Cataflor" e "Mil Razões", do álbum "Troco Likes", além de "Um Dia Após o Outro". A plateia foi orientada a não vestir roupas brancas porque a cor poderia atrapalhar a gravação. Tiago, no entanto, estava bastante à vontade, vestindo uma pantalona branca, sem sapatos, usando apenas sandálias e meias nos pés.

O artista falou pouco com a plateia, mas nos intervalos fez algumas brincadeiras, cumprimentou alguns amigos e manteve o silêncio com a imprensa e não conversou com nenhum jornalista. Ao que parece, Tiago vai continuar seguindo a regra que ele se impôs no passado: se você quiser saber o que ele pensa, terá que o ouvir o que ele canta. Nada de entrevistas.

Instagram @correioma