Estado ESTADO

Risco de tsunami no MA: "chances são muito baixas", dizem especialistas

Instituição aponta as análises de especialistas para mostrar que não é o momento para pânico e que existe o monitoramento da situação nas Ilhas Canárias

20/09/2021 10h51 Atualizada há 1 mês
46
Por: Hyana Reis Fonte: G1 MA
Reprodução
Reprodução

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, por meio da Defesa Civil Estadual, divulgou uma nota em que comunica a possibilidade baixa de ocorrer um tsunami no litoral maranhense e que tem monitorado a situação nas Ilhas Canárias.

"Especialistas da rede Sismográfica Brasileira (RSBR) apontam que as chances disso [tsunami] acontecer são muito baixas. De acordo com o órgão, somente uma atividade vulcânica excepcional poderia provocar um tsunami com a capacidade de atingir o Brasil", diz a nota.

Lava e fumaça são vistas após a erupção de vulcão no parque nacional Cumbre Vieja em El Paso, nas ilhas Canárias de La Palma — Foto: Borja Suarez/Reuters

Neste domingo (19), um vulcão entrou em erupção e já acende o alerta em moradores da vila de El Paso. Porém, os riscos de um tsunami na costa brasileira, inclusive a maranhense, é remota, segundo os especialistas.

"O Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) também se manifestou sobre o assunto informando que a atividade vulcânica na região das Canárias é comum e monitorada, sendo pequena a possibilidade de uma eventual erupção do vulcão La Cumbre provocar um tsunami que afete o litoral brasileiro", aponta o comunicado dos bombeiros.

A Defesa Civil tenta acalmar a população e apontar as evidências e opiniões dos especialistas não apontam para um risco de catástrofe, porém, ainda neste caso, as equipes estão preparadas.

"Esclarecemos à população maranhense que, no momento, não há qualquer elemento que justifique maior preocupação acerca do assunto. A Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão têm tomado todas as providências de monitoramento quanto ao possível evento, em conformidade com seus planejamentos estratégicos de prevenção e preparação a desastres naturais no Estado do Maranhão", afirma o Corpo de Bombeiros.