Estado ESTADO

Ossos de dinossauro encontrados no Maranhão garantem ‘grande potencial para novos estudos

Segundo o pesquisador Elver Luiz Mayer, os ossos são de diferentes partes de um corpo de dinossauro

08/10/2021 12h24
26
Por: Hyana Reis Fonte: G1 MA
Foto: Divulgação/Brado
Foto: Divulgação/Brado

Os fosseis de dinossauro encontrados na região Sudoeste do Maranhão no mês de abril, durante a construção de uma ferrovia que deve fazer a ligação com a cidade de Sumaré (SP), representam um grande potencial para novos estudos, segundo o paleontólogo da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), Elver Luiz Mayer.

“A importância da descoberta para a região consiste no fato que esse é o primeiro registro de dinossauro nessa área, então, por isso, a gente atesta um grande potencial para novos estudos, que vão ajudar a contar a história desses animais gigantescos que viveram no Brasil há mais de 100 milhões de anos”, disse o paleontólogo Elver Luiz Mayer.

Ainda segundo o pesquisador Elver, os ossos são de diferentes partes de um corpo de dinossauro, alguns são grandes e outros menores, como as vértebras, que são ossos da coluna. Além disso, algumas costelas foram encontradas e, também, ossos menores ainda, que são das mãos e dos pés desse animal.

“Nenhum deles está 100% completo, mas as partes que estão preservadas têm informações fundamentais para gente saber que se trata de uma espécie já conhecida para a ciência ou é uma espécie nova”, complementou.

Fóssil no Maranhão

O fóssil de um possível titanossauro foi encontrado no Maranhão e pode revelar vestígios sobre a passagem dos saurópodes no Brasil, no período Cretáceo.

O achado ocorreu em Davinópolis, na região Sudoeste do estado, no mês de abril, durante a construção de uma ferrovia que deve fazer a ligação com a cidade de Sumaré (SP). Já a retirada dos fósseis aconteceu no mês de junho.

No Maranhão, esse é o primeiro fóssil de dinossauro encontrado na região de Davinópolis, mas não é o primeiro titanossauro encontrado no estado. A mesma espécie já teve fóssil encontrado na Ilha do Cajual, perto da cidade de Alcântara. Portanto, se confirmado, a descoberta de mais vestígios desse grupo de dinossauros abre caminho para o entendimento da evolução desses animais no Maranhão e no Brasil.