Esportes ESPORTES

Manobra inédita pode ser trunfo de Rayssa Leal no Circuito Mundial de skate street

A Fadinha do Skate disputa a terceira e última etapa do Circuito Mundial neste sábado (13) e domingo (14).

13/11/2021 09h00
34
Por: Hyana Reis Fonte: Imirante
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Líder do Circuito Mundial de skate street e muito próxima do seu primeiro título na Street League Skateboarding (SLS), a imperatrizense Rayssa Leal chega à terceira etapa da competição com um trunfo de ter acertado um kickflip rockslide de front, manobra nunca antes apresentada por uma mulher em competições, o que rendeu uma nota 8.5, na primeira etapa, em Lake Havasu. A medalhista olímpica vem acumulando média de 6,4 pontos, mas tem a forte concorrência das japonesas Momiji Nishiya e Funa Nakayama, que também têm mostrado um alto nível desde Tóquio, quando dividiram o pódio com a fadinha.

A atleta, de 13 anos, nascida em Imperatriz, já fez história ao se tornar a primeira mulher a vencer duas etapas seguidas do Circuito Mundial de Skate Street. E neste fim de semana, Jacksonville, na Flórida, ela busca título inédito.

Com o seu kickflip rockslide de front, Rayssa teve uma das maiores notas de toda a competição. Mas Momiji Nishiya mandou um kickflip boardslide de front, também em Lake Havasu, na segunda etapa, ganhando um 8,0 dos jurados. Já Funa Nakayama, ainda na primeira etapa, em Salt Lake City, surpreendeu o público ao acertar um krooked de front, manobra pouco vista entre mulheres, levando um 7,1.

Rayssa Leal, Momiji Nishiya e Funa Nakayama no pódio em Tóquio (Divulgação / COB) Rayssa é líder do Mundial, com 200 pontos, seguida pela japonesa Funa Nakayama, que tem 175,e pela holandesa Roos Zwetsloot, que acumula 157 pontos. Momiji Nishiya tem 156 e essas quatro primeiras colocadas já têm vagas garantidas na bateria decisiva da terceira e última etapa.

A terceira e última etapa do Circuito Mundial será realizada neste sábado (13) e domingo (14).