Saúde SAÚDE

População questiona desobrigação de máscara em Imperatriz: "acho muito precipitado"

Decreto nº 109 publicado nesta terça-feira (16) tornou facultativo o uso de máscara facial de proteção em ambientes abertos ou fechados na cidade

19/11/2021 11h27 Atualizada há 2 semanas
47
Por: Hyana Reis
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O uso de máscara de proteção fácil contra a Covid-19 não é mais obrigatório em Imperatriz desde quarta-feira (17), mas a decisão publicada em decreto pelo Prefeito Assis Ramos vem sendo questionada pela população.

"Acho muito precipitado. Deveria continuar sendo obrigatório [o uso da máscara], pois o Covid ainda está circulando por ai", opinou a estudante de enfermagem Luana de Almeida. "Liberar o uso de máscaras é a mesma coisa de liberar as vagas de internação nos hospitais", disse outro internauta da página da Prefeitura de Imperatriz.

O Decreto nº 109 publicado pela Prefeitura de Imperatriz seguiu as diretrizes do Governo do Estado, que determinou que cidades com vacinação avançada podem desobrigar o uso de máscaras em locais abertos. "Mais de 90% da população adulta, maiores de 18 anos, foi vacinada. Esse indicador permite que possamos acompanhar na integralidade o Decreto Estadual”, justificou o secretário de Governo e Projetos Especiais do município, Eduardo Soares.

A decisão segue dividindo a opinião dos imperatrizenses: "Usarei mesmo assim", disse o internauta Eloy Henrique. "Nunca gostei de máscara, não vou usar, quem quiser continuar usando é direito seu", disse outro usuário. "Usar quem quer", acrescentou outro concordando com o decreto.

A decisão é valida até o dia 03 de dezembro quando as normas serão reavaliadas, podendo ser mantidas ou revogadas.