25°

Alguma nebulosidade

Imperatriz - MA

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 6,18

Peso Arg.

R$ 0,05

Brasil BRASIL

A cada três brasileiros, dois são a favor do passaporte da vacina

Segundo o levantamento, divulgado nesta terça-feira (14), 65% da população afirmou ser favorável à implementação do passaporte vacinal

14/12/2021 11h26
44
Por: Hyana Reis Fonte: Yahoo Notícias
Reprodução
Reprodução

A maior parte dos brasileiros é a favor do passaporte da vacina, isto é, da necessidade de comprovar que está imunizado contra a covid-19 para entrar em locais públicos ou privados. É o que mostra uma pesquisa feita pelo Instituto FSB Pesquisa, a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Segundo o levantamento, divulgado nesta terça-feira (14), 65% da população afirmou ser favorável à implementação do passaporte vacinal. Ao mesmo tempo, 22% se colocaram contra a exigência.

A pesquisa ouviu 2.016 brasileiros com mais de 16 anos, de forma presencial, entre os dias 18 e 23 de novembro, em todas as unidades da federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

O levantamento também mostrou que, apesar de a maioria das pessoas aprovar o passaporte da vacinação, apenas 18% já tiveram de utiliza-lo ao entrar em algum estabelecimento nos últimos três meses.

Segundo a pesquisa, 66% dos brasileiros temem conviver diariamente com pessoas que ainda não se vacinaram. Atualmente, o país tem 65% da população imunizada com o ciclo vacinal completo. A atividade que desperta mais medo nos entrevistados é ir a shows: 61% das pessoas ouvidas tem medo muito grande, grande ou médio de ir a shows e eventos.

Uso das máscaras

A obrigatoriedade do uso de máscaras divide opiniões. Para 49% dos entrevistados, o item de proteção deveria continuar sendo obrigatório. Já 39% avaliam que a medida deveria ser facultativa. Outros 10% não são nem a favor nem contra e 2% não sabem responder.

Entre os que não se vacinaram, o uso obrigatório da máscara é menos popular: 50% são contra a obrigatoriedade, enquanto entre os vacinados, o índice é de 38%. A pesquisa ainda mostrou que, entre quem está vacinado, o uso de máscara em locais abertos ou fechados é de 59%, enquanto entre os não vacinados, esse número cai para 29%.

Passaporte da vacina para entrar no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou, nesta segunda-feira (13), que os postos de fronteiras deve exigir o comprovante de vacinação, especialmente em aeroportos, para quem entrar no Brasil. A decisão colabora com a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

"A decisão teve efeito imediato, sem prazo de adequação, e, por isso, exige da Anvisa a realização de avaliações pontuais, especialmente em relação aos passageiros que já estavam em deslocamento ou em trânsito no momento em que a decisão foi emitida", informou a agência.

No último sábado (11), o ministro Luís Roberto Barroso, determinou a exigência de comprovante de vacinação para os viajantes que chegam ao Brasil do exterior, alertando para a ameaça de se promover um "turismo antivacina" pela falta de uma ação precisa do governo federal.

O presidente Jair Bolsonaro é abertamente contra a exigência de comprovação de vacinação, e ele próprio afirma que não tomou a vacina contra a covid-19.