25°

Alguma nebulosidade

Imperatriz - MA

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 6,18

Peso Arg.

R$ 0,05

Saúde SAÚDE

Força-Tarefa é realizada para atender surto de gripe em Imperatriz

Ação se concentra no Socorrinho e UPA São José onde se registra maior volume de pessoas com sintomas virais

23/12/2021 11h41
73
Por: Hyana Reis Fonte: Assessoria
Divulgação: Prefeitura de Imperatriz
Divulgação: Prefeitura de Imperatriz

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) definiu estratégias para atender a demanda de síndrome gripal que tem sobrecarregado a rede de Saúde de Imperatriz. De início, serão ampliadas as equipes médicas para melhorar a fluidez no atendimento à população, principalmente, no Socorrinho e na UPA São José onde se registra o maior volume de pessoas.

Na UPA São José, por exemplo, nas últimas semanas foram registrados mais de 300 atendimentos por dia, situação totalmente atípica no comparativo com meses anteriores. "Era um fluxo que não estávamos esperando, mas ele chegou e nos preparamos para atender essa demanda. Continuamos com as nossas ações contra a Covid-19 e, agora, o atendimento a essa síndrome que tem sobrecarregado tanto a rede pública quanto privada, infelizmente", destaca o secretário de Saúde, Alcemir Costa.

Outra medida adotada pela secretaria é a coleta de amostras para montar um perfil epidemiológico. "Os resultados desse material devem sair nos próximos dias. Com o resultado, podemos ter um norte de qual vírus está ocasionando essa síndrome na nossa cidade e, a partir de então, manter essas estratégias ou adotar outras caso sejam necessárias. Além disso, seguimos aguardando as diretrizes dos governos Federal e Estadual", explicou o secretário.

Além da UPA municipal, o ambulatório da Vila Nova também é outro ponto de referência para a população, caso se apresente sintomas gripais."Ou seja, estamos fortalecendo as nossas redes para que o nosso povo seja atendido. Cabe ressaltar que a maioria desses atendimentos não estão necessitando de internação, graças a Deus. As nossas medidas de fato são de precaução,  no momento, visto que circula no país a H3N2,  uma variante da influenza".

Sobre a nova variante da influenza, o secretário esclarece, ainda, que em Imperatriz, até o momento, não têm casos confirmados. "Porém estamos em alerta visto que a nossa cidade é um polo econômico, educacional, comercial e, também, de saúde. Recebemos pessoas de inúmeras regiões do país, e final de ano tende aumentar a circulação de pessoas de fora", pontua.

Participaram da reunião para definir as estratégias do Município, o secretário de Saúde, Alcemir Costa, o secretário de Governo, Eduardo Soares, a coordenadora de Vigilância em Saúde, Giselly Vieira a coordenadora da Atenção Básica, Sormmane Branco, o diretor do Socorrinho, Alberto Clezio, o diretor do Socorrão, Vitor Pachele, e a coordenadora do Samu, Kelma Costa.

Orientações

A Secretaria Municipal de Saúde recomenda à população distanciamento, higienização das mãos e uso da máscara, embora não seja obrigatória a fim de propagação dessa virose.