Saúde SAÚDE

Imperatriz lança Campanha Janeiro Branco

A ação tem por objetivo conscientizar para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional

11/01/2022 11h57
47
Por: Hyana Reis Fonte: Assessoria
Reprodução
Reprodução

 Secretaria Municipal de Saúde de Imperatriz, por meio da Rede de Saúde Mental, lançou oficialmente, nesta segunda-feira (10), a Campanha Janeiro Branco. A ação tem por objetivo conscientizar para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional.

Com o tema  "O Mundo Pede Saúde Mental", a campanha este ano será baseada na divulgação dos serviços que a rede municipal oferece. Além disso, haverá atendimento exclusivo para os idosos dos lares São Francisco de Assis e Renascer, bem como palestras informativas na Casa do Idoso, nos Serviços de Convivência, nos CRAS (Centro de Referência da Assistência Social). 

"Nós temos vivido um cenário de pandemia, crises sanitárias, sociais, econômicas e outras, que de certa forma, afetaram a nossa saúde, inclusive a mental. Os dados mostram um aumento de transtornos mentais durante a pandemia, por isso o Janeiro Branco se faz necessário para debatermos essas questões. Hoje foi o lançamento, mas durante o mês vamos levar nossos serviços aos lares de idosos e espaços do próprio Município. Os idosos acumulam várias experiências emocionais, portanto é importante que eles sejam a prioridade da campanha este ano."  afirmou o secretário de Saúde Alcemir Costa.

 

Segundo a Organização Mundial de Saúde(OMS), o Brasil é considerado o país mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo. Dados dos organizadores do Janeiro Branco mostram, ainda, que no Brasil, de acordo com uma pesquisa do Instituto FSB, 62% das brasileiras e 43% dos brasileiros afirmaram que a saúde emocional ‘piorou’ ou ‘piorou muito’ durante a pandemia.

Em Imperatriz, a Rede de Saúde Mental tem em média cerca de 9 mil pacientes por mês. O CAPS Infanto-juvenil, por exemplo, são em média de mil pacientes mensalmente, enquanto o CAPS AD III Álcool e Drogas 3.400  e CAPS III Renascer 3.500 e o Ambulatório de Saúde Mental realiza 1000 atendimentos mensalmente. 

"O CAPS acolhe pacientes com transtornos mentais, estimula a integração social e familiar, como também, apoia os usuários na busca e exercício de sua autonomia. Os centros de atendimento contam com uma equipe multiprofissional, capacitada para acolher os pacientes e seus familiares”, explica a  coordenadora da Rede de Saúde mental em Imperatriz, Kátia Carvalho.

 

Rede Municipal de Saúde Mental em Imperatriz

O CAPS AD III Álcool e Drogas presta atendimento para as pessoas com transtornos decorrentes do uso de substâncias psicoativas. Funciona 24h, atende todas as faixas etárias, principalmente casos como transtornos causados pelo uso abusivo de álcool e outras drogas. Ele fica localizado na Rua Projetada B, no Complexo de Saúde do bairro Parque Anhanguera.

Ainda no Complexo de Saúde, no Parque Anhanguera, o CAPS III Renascer, também funciona 24h, atende pessoas com transtornos mentais graves e persistentes, inclusive pelo uso de substâncias psicoativas. 

Já o CAPS Infanto-juvenil é uma unidade de saúde que presta atendimento para crianças e adolescentes, com transtornos mentais graves e persistentes, inclusive por conta do uso de substâncias psicoativas. O endereço é Rua Itamar Guará, n. 2223, no bairro Três Poderes.

A Prefeitura de Imperatriz disponibiliza também o Ambulatório de Saúde Mental, com equipe multiprofissional, responsável pelo tratamento de pacientes que apresentam transtornos mentais. O atendimento ocorre por meio de consultas e grupos terapêuticos. O Ambulatório está localizado na Rua Amazonas, n. 520, no Centro de Imperatriz.