Estado ESTADO

Semana de Enfrentamento a LGBTfobia debaterá sobre diversidade no MA

Com o tema “LGBTFOBIA não é opinião, é crime!", a iniciativa visa debater mecanismos importantes para a garantia dos direitos da população LGBTQIA+

13/05/2022 11h31
38
Por: Hyana Reis Fonte: Governo MA
Reprodução
Reprodução

Começa na próxima segunda-feira (16) e segue até a sexta-feira (20), a Semana Estadual de Enfrentamento a LGBTFobia, uma iniciativa que visa fomentar o respeito à diversidade, debater mecanismos importantes para a garantia dos direitos da população LGBTQIA+ e para o fortalecimento da democracia. O mês de maio foi escolhido por ocasião do Dia Mundial de Luta contra a LGBTfobia, comemorado no dia 17 de maio, que marca a luta deste segmento da sociedade e também celebra as vitórias já conquistadas.

Com o tema “LGBTFOBIA não é opinião, é crime! - Aprovação do Plano Estadual de Políticas Públicas Já!”, o evento é uma realização da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), em parceria com o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA), por meio do Comitê de Diversidade; Conselho Estadual dos Direitos das Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CEDLGBT); e Fórum ONG LGBT do Estado do Maranhão.

A abertura da semana será realizada em São Luís, na próxima segunda-feira (16), no Auditório do Edifício João Goulart, às 8h30. Além da Sedihpop e do TJ/MA, a atividade contará com a presença de representantes das secretarias de Estado da Saúde (SES) e da Segurança Pública (SSP); Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA); Comissão da Diversidade da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA), Conselho Estadual LGBT e Fórum Estadual LGBTI+. Na oportunidade, será realizado o lançamento do Boletim da Violência Letal LGBTI+ do Maranhão, uma produção do Observatório de Políticas Públicas LGBTI+ do Maranhão.

A secretária de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Amanda Costa, destaca a importância de trazer para o debate um tema ainda tão estigmatizado, mas que está muito presente na vida das pessoas. “A Semana tem um papel pedagógico, de promover o debate, a reflexão e possibilitar falar sobre LGBTfobia, sobre os direitos da comunidade LBGTQIA+ e discutir mecanismos para o enfrentamento dessa violência no Maranhão. Dessa forma reafirmamos o nosso compromisso de combater quaisquer tipo de violência em decorrência da orientação sexual e das identidades de gênero e fomentamos uma cultura de paz”, destacou Amanda Costa.

De 17 a 20 de maio, as atividades acontecerão no interior do estado, em parceria com organizações da sociedade civil, nos municípios de Bacabal, Pindaré Mirim, Santa Inês, Caxias, Aldeias Altas, Raposa e Cururupu. O encerramento oficial das atividades será realizado no dia 20, com Ato Show de Denúncia Contra a LGBTIfobia, a partir das 18h, na Praça Nauro Machado, na Praia Grande.

Veja a programação abaixo:

Dia 16/05
- São Luís: Abertura da Semana Estadual de Enfrentamento a LGBTfobia
Horário: 8h30
Local: Auditório do Edifício João Goulart - Av. Dom Pedro II Centro Histórico

De 17 a 20/05
- Bacabal: Ato Público alusivo ao Dia Internacional Contra LGBTIfobia
Horário: 8h30 às 17h
Local: IEMA

- Pindaré Mirim: Roda de Diálogo Sobre Estratégia de Enfretamento a LGBTIfobia
Horário: 15h às 18h

- Santa Inês: Realização de Panfletagem em diversos locais da cidade
Horário: 9h

Dia 18/05
- Caxias: Seminário Municipal de Enfretamento a LGBTIfobia
Horário 8h30 às 12h

- Aldeias Altas: Ato Público Contra LGBTIfobia
Horário: 15h às 18h 

Dia 19/05
- Raposa: Roda de Dialogo População LGBTI e o Enfretamento a LGBTIfobia
Horário: 15h às 17h

Dia 20/05
- São Luís: Encerramento Ato Show de Denúncia Contra a LGBTIfobia
Horário: 18h às 22h
Local: Praça Nauro Machado

Dia 21/05
- Cururupu: Seminário Municipal Politicas Publica e População LGBTI+
Horário: a definir