E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Radio Timbira
Fevereiro Laranja
BRASIL

Nordeste tem mais de 20 mil casos de internações por asma em 2018

Maranhão aparece em 2º lugar. No Brasil, foram contabilizados 58.711 casos. Dados são do Ministério da Saúde

24/10/2018 10h00Atualizado há 1 ano
Por: Redação
Fonte: O Povo Online
217
A região Centro-Oeste apresenta o menor número de casos do ranking, com 3.937, sendo 1.469 no Distrito Federal. (Foto: Reprodução)
A região Centro-Oeste apresenta o menor número de casos do ranking, com 3.937, sendo 1.469 no Distrito Federal. (Foto: Reprodução)

O Nordeste foi a região que contabilizou mais internações por asma de janeiro a agosto deste ano, somando 23.577 casos. Bahia, estado mais populoso da região, apresenta o maior número de casos do território, chegando em 8.679.

Em segundo, Maranhão contabiliza 4.122. Ceará aparece em terceiro, com 4.122 casos até o momento. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na última sexta-feira, 19. No Brasil, foram contabilizados 58.711 casos. Destes, 16.222 estão no Sudeste, segunda região com mais internações de acordo com o ranking. São Paulo lidera a região com 8.089 casos, atrás de Minas Gerais, com 5.976. 

A região Centro-Oeste apresenta o menor número de casos do ranking, com 3.937, sendo 1.469 no Distrito Federal. O Sul e o Norte aparecem medianas, com 9.224 e 5.751 número de casos, respectivamente. 

Para debater o tema, médicos pneumologistas se reúnem em Recife, Pernambuco, discutindo os principais aspectos que envolvem a asma. O XLV Congresso Brasileiro de Alergia e Imunologia começou no sábado, 20, e foi até essa terça-feira, 23. Em sua forma grave, a doença causa falta de ar, várias idas ao hospital, perda da qualidade de vida e crises, as chamadas exacerbações.

Internações por caso de asma na Região Nordeste 

Total: 23.577 internações 

1. Bahia: 8.679

2. Maranhão: 4.122

3. Ceará: 3.420

4. Pernambuco: 2.226

5. Piauí: 2.121

6. Paraíba: 1.289

7. Sergipe: 938

8. Rio Grande do Norte: 406

9. Alagoas: 376