E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Fevereiro Laranja
Radio Timbira
POLÍCIA

Homem encontrado morto tinha passagens por roubo e assassinato

'Brinquedo', como era conhecido, praticou vários assaltos a residências

30/10/2018 17h25Atualizado há 1 ano
Por: Redação
Fonte: Antonio Pinheiro
345
Erlis Breno Almeida de Sousa, 23 anos, suspeito de homicídio na Vilinha. (Foto: Reprodução)
Erlis Breno Almeida de Sousa, 23 anos, suspeito de homicídio na Vilinha. (Foto: Reprodução)

Foi encontrado por populares na manhã desta terça-feira (30) um corpo boiando no rio Tocantins. O cadáver foi retirado por homens do Corpo de Bombeiros e levado para IML de Imperatriz, onde foi identificado como Erlis Breno Almeida de Sousa, 23 anos, mais conhecido como Brinquedo. Erlis tinha passagens pela polícia pelo crime de roubo.

Após perícia feita no ICRIM, foi constatado que ele foi vítima de disparos de arma de fogo. Brinquedo era acusado de assassinato. A vítima do crime em que era acusado foi Giliard Bandeira Moura, 21 anos, caso que aconteceu em 1 de outubro na Vilinha no ano de 2015. 

Outro crime que ele fez, em companhia de outros elementos, foi o roubo a uma residência no Parque Alvorada 2, tendo feito de reféns os moradores e depois fugido levando uma caminhonete Hilux e vários objetos. Neste assalto ele e os comparsas foram presos no dia seguinte.

Erlis Breno, ou Brinquedo, esteve preso no Presídio Itamar Guará, onde cumpriu parte da pena pelo roubo a residência. Para a polícia, a morte de Brinquedo está relacionado a acerto de contra entre facções.