E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Radio Timbira
Fevereiro Laranja
PREMIAÇÃO

Emmy: 'The marvelous mrs. Maisel' é maior ganhadora e 'Game of thrones' vence como drama

Série levou cinco estatuetas e foi grande vencedora do ano. 'American crime story' ficou em segundo, com três. HBO e Netflix venceram seis cada

19/09/2018 09h32
Por: Redação
Fonte: Site G1
341
Rachel Brosnahan beija sua estatueta de melhor atriz em série de comédia no Emmy 2018. (Foto: Foto: Mike Blake/Reuters)
Rachel Brosnahan beija sua estatueta de melhor atriz em série de comédia no Emmy 2018. (Foto: Foto: Mike Blake/Reuters)

A série "The marvelous mrs. Maisel" foi a grande vencedora do Emmy 2018 ao ganhar cinco categorias de comédia da maior premiação da televisão americana. Entre os dramas, "Game of thrones" foi a escolhida como melhor série do ano. A segunda temporada de "American Crime Story", sobre o assassinato de Gianni Versace, ficou em segundo lugar com três estatuetas, em uma noite com baixa concentração de troféus.

Já entre os estúdios, a batalha foi acirrada e terminou em empate. A Netflix, maior indicada do ano, empatou com a HBO, com seis vitórias cada. FX e Amazon (produtora de 'Mrs. Maisel') levaram cinco cada uma. A cerimônia, comandada pelos comediantes Colin Jost e Michael Che, começou com referências à falta de diversidade em Hollywood, foco de diversas manifestações nos últimos anos, e piadas em relação aos escândalos de abuso sexual na indústria e ao cancelamento de “Roseanne” após o comentário racista feito pela protagonista.

"The marvelous mrs. Maisel" foi de longe a grande vencedora da noite ao levar quase todas as categorias de comédia. Foi a melhor série, melhor atriz (Rachel Brosnahan), melhor direção e melhor roteiro (ambos para Amy Sherman-Palladino) e atriz coadjuvante (Alex Bornstein).

A série da Amazon, sobre uma dona de casa americana dos anos 1950 que descobre um talento como comediante stand-up, entra as categorias a qual foi indicada só não venceu como ator coadjuvante.

Nessa, o ganhador foi Henry Winkler, de "Barry", ator veterano que já tinha sido indicado outras cinco vezes (a primeira em 1976), mas nunca tinha levado. A série da HBO também venceu com o melhor ator em comédia, Bill Hader.

Drama

Se comédia foi dominada por uma produção, em drama a distribuição foi maior. "Game of thrones" pode ser considerada grande vencedora, mas apenas porque foi escolhida como melhor série, além de levar ator coadjuvante (Peter Dinklage). "The Crown" ganhou duas, com a melhor atriz dramática (Claire Foy) e com a melhor direção (Stephen Daltry), empatando com "The americans", com o melhor ator dramático (Matthew Rhys) e melhor roteiro (Joel Fields e Joseph Weisberg). Já Thandie Newton deu a "Westworld" sua única estatueta da noite, das cinco às quais havia sido indicada.

Série limitada

"American Crime Story" é considerada série limitada já que cada uma de suas temporadas conta uma história independente, assim como "American Horror Story" — ambas do mesmo criador, Ryan Murphy.

A temporada sobre o assassinato do estilista Gianni Versace não repetiu o sucesso do seu ano de estreia, com os cinco Emmys dados ao julgamento de O. J. Simpson em 2016, mas ainda foi um dos destaques da noite.

A série ganhou como melhor série limitada, melhor ator (Darren Criss), e melhor direção (Ryan Murphy). Outra produção que se destacou nas categorias foi "Godless", com duas estatuetas, com atriz coadjuvante (Merritt Wever) e ator coadjuvante (Jeff Daniels).