E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Radio Timbira
Camara Imperatriz
Corona Junho
BRASIL

Produção industrial cai em dez locais pesquisados pelo IBGE em junho

Os recuos mais acentuados foram observados nos estados do Rio de Janeiro (-5,9%), em Pernambuco (-3,9%) e na Bahia (-3,4%)

07/08/2019 10h59Atualizado há 11 meses
Por:
Fonte: Agência Brasil
372
 (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A produção industrial recuou em dez dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na passagem de maio para junho. Segundo a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional, divulgada hoje (7), os recuos mais acentuados foram observados nos estados do Rio de Janeiro (-5,9%), em Pernambuco (-3,9%) e na Bahia (-3,4%).

Também tiveram quedas os estados do Paraná (-2,3%), São Paulo (-2,2%), Santa Catarina (-1,2%), Ceará (-0,9%), Minas Gerais (-0,9%) e Mato Grosso (-0,6%), além da Região Nordeste (-1,2%), que é a única região pesquisada de forma conjunta.

Por outro lado, cinco estados tiveram alta, com destaque para o Pará (4,9%). As demais taxas positivas foram registradas por Rio Grande do Sul (2%), Amazonas (1,8%), Espírito Santo (1%) e Goiás (0,1%).

Na comparação com junho de 2018, onze dos 15 locais pesquisados tiveram queda. Os maiores recuos foram observados no Mato Grosso (-13,6%), Espírito Santo (-13,2%) e em Minas Gerais (-12%). Apenas quatro estados tiveram alta: Amazonas (5,4%), Rio Grande do Sul (3,5%), Pará (2,7%) e Ceará (0,7%).

No acumulado do ano, nove locais tiveram recuo na produção industrial, sendo o maior deles registrado no Espírito Santo (-12%). Seis estados tiveram alta, com destaque para Rio Grande do Sul (8,0%) e Paraná (7,8%).

No acumulado nos últimos 12 meses, perdas também foram registradas em nove locais, com destaque para o Espírito Santo (-4,5%). Dos seis locais em alta, a maior delas foi observada no Rio Grande do Sul (9,4%).