Dólar comercial R$ 4,88 0%
Euro R$ 5,15 0%
Peso Argentino R$ 0,04 -0.011%
Bitcoin R$ 152.487,65 +0.721%
Bovespa 108.487,88 pontos +1.39%
Corpo e Saúde

ABCD

04/04/2019 17h07
136
Por:
Internet (Foto: Reprodução)
Internet (Foto: Reprodução)

Distinguir os programas de treinamento por letras é quase que uma unanimidade nas academias, essa é a maneira mais prática para que o aluno conheça seu programa de treinamento, se adapte a ele e fique menos dependente do professor. Para nós profissionais cabe analisar as necessidades e objetivos de cada aluno e utilizar dessa forma de divisão ou parcelamento dos treinos para levar a melhor maneira para que cada um realize suas conquistas. A mudança ou atualização dos programas de treinamento também são variáveis que podemos utilizar em um prazo de 30 a 90 dias, tudo depende dos níveis de condicionamento físico, objetivos e necessidades de cada. É claro que isso sempre deve ser acompanhado de boas horas de descanso e uma boa alimentação.

No caso das mulheres, por muito tempo se dividiu os treinos em pernas (A) glúteos (B) e braços (C), porém, como já foi destaque aqui na coluna, o treino de pernas (quadríceps) não pode ser seguido de um treino de glúteos, até porque ambos se realizam exercícios multiarticulares e acabam chocando no treino, e essa realidade vem mudando.

Já a “macharada”, geralmente, divide o treino em peito e tríceps (A) costa e bíceps (B) pernas e ombros (C), outros ainda dividem ombro de perna e deixam o treino de perna para o próximo dia, sendo assim o treino (D). Porém, a realidade de muitos é faltar esse dia, o que acaba comprometendo todo o programa e não faz bem nem para a sua performance quanto mais para a simetria do seu corpo. O treino de membros inferiores para os homens é tão importante quanto os de superiores, até porque a maioria dos exercícios que promovem e aumentam nossa força são da parte inferior do nosso corpo.

Geralmente, essas divisões de treinos são usadas para quem busca hipertrofia muscular, ou seja, aumento da massa magra, o que é a realidade na maioria das academias. Mas, é claro que todas essas maneiras de parcelar os treinos são estratégias que os profissionais utilizam para proporcionar os melhores caminhos para os alunos. Não existe receita de bolo na musculação, assim também existem meios de facilitar os treinos para quem busca emagrecimento, fortalecimento da musculatura.

Particularmente, eu além de gostar muito, sempre recomendo a divisão do treino na modalidade ABCD, pois você consegue trabalhar um número bom de grupo musculares, promove um descanso total no meio da semana e quase sempre traz bons resultados. Julgo ideal também por se tratar de um treino em que você não se comporte como um desesperado atrás de resultados, isso vai acontecer naturalmente. Ele também pouco te atrapalhará na sua rotina do dia a dia. Mas, a figura do profissional de Educação Física se faz extremamente necessária e precisa. Não siga programas de treinos da internet, eles provavelmente não estão nos mesmos níveis de condicionamento que você.

 

Bom treino a todos.

 

Para ter um contato mais direto comigo é só me seguir nas redes sociais!

 

facebook.com/ebersoncorposaude

instagram.com/@ebersoncorpoesaude

 

WhatsApp

99 99142-9578