E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Março Lilas
Radio Timbira
Sonar

Bolsonaro volta a polemizar com governadores

Em nota, governadores rebatem presidente e afirmam que União deve abrir mão de CIDE, PIS e COFINS nessa área

Sonar

SonarCarlos Leen apresenta um jornalismo político direto dos bastidores, sempre de maneira critica e transparente

03/02/2020 19h17Atualizado há 2 meses
Por: Carlos Leen
362
Flávio Dino e Jair Bolsonaro (foto: internet)
Flávio Dino e Jair Bolsonaro (foto: internet)

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar os governadores ao afirmar que estes seriam os culpados pela não redução do preço da gasolina, apesar de reduções anunciadas pela Petrobras nas refinarias.

Os governadores rebateram e lançaram nota em conjunto: “Consideramos que o governo federal pode e deve imediatamente abrir mão das receitas de PIS, COFINS e CIDE, advindas de operações com combustíveis”, diz o documento assinado por 22 dos 27 governadores (todos os estados do Sul, Sudeste e Nordeste. Ficaram de fora da lista Distrito Federal, Goiás, Rondônia, Acre e Tocantins).

“O governo federal controla os preços nas refinarias e obtém dividendos com sua participação indireta no mercado de petróleo – motivo pelo qual se faz necessário que o governo federal explique e reveja a política de preços praticada pela Petrobras”, afirmam os chefes dos executivos estaduais.

Ele disse

Bolsonaro criticou que a decisão de oito dos nove governadores do Nordeste em não aderir à iniciativa do Ministério da Educação (MEC) para a instalação de colégios cívico-militares na região. “Para eles, a educação vai indo muito bem, formando militantes e desinformando, lamentavelmente”, afirmou. O Ataque do presidente vem no mesmo dia em que Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, anunciou pelo Twitter que o novo piso salarial para professores que trabalham 40 horas semanais nas escolas do Estado será de R$ 6.358,96. Atualmente, o piso nacional é de R$ 2.886,24.

Richardson Lima

O pré - candidato  Richadson Lima abriu  mesmo mão do seu projeto a prefeitura de Imperatriz. Ele gravou um vídeo que circulou amplamente no final de semana anunciando que “adiará seu sonho em ser prefeito”.  Richardson confirmou que será candidato a vereador. Ele permanecerá no PSDB (atualizado as 19:50).

Ponto & Virgula

O Ponto & Virgula está de volta depois do recesso. A temática Política é o mote do programa que vai ao ar todos os dias de segunda a sexta feira nas ondas da Rádio Difusora FM. É uma boa oportunidade de sempre se atualizar nas notícias e bastidores do Poder. Direto do Maranhão para o mundo.

 Esgotosfera

A rede mundial de computadores abriu muito espaço e informação a todos. Porém junto com o trigo, vem sempre o joio. E eles são muitos. A baixaria tem tomado conta de alguns grupos de WhatsApp administrados por apoiadores que em muitos casos são verdadeiros “capangas virtuais”, ignorantes e emburrecidos. A Justiça precisa chegar junto e disciplinar, do contrário poderemos ter mais uma eleição pautada por mentiras (fake news) e muita esculhambação.

Educação

O ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) afirmou nesta segunda-feira (3) que o presidente Jair Bolsonaro não pretende promover uma reforma ministerial e que o titular da Educação, Abraham Weintraub, permanecerá no cargo.