E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Abril 20
Camara Imperatriz
Radio Timbira
Sonar

Flávio Dino responde ao site Intercept

Confira as ultimas na Política

Sonar

SonarCarlos Leen apresenta um jornalismo político direto dos bastidores, sempre de maneira critica e transparente

20/02/2020 15h06Atualizado há 3 meses
Por: Carlos Leen
557
Flávio Dino:
Flávio Dino:

O governador do Maranhão respondeu sobre a matéria veiculada pelo site Intercept Brasil que dentre outras coisas apontava que Dino estaria dando aval para expulsar moradores pobres de suas áreas para beneficiar empreendimentos chineses no Maranhão.

“Pessoas supostamente de esquerda insistem que eu devo descumprir decisões judiciais. Lembro que sou governador, não ditador, e tenho coerência na defesa do cumprimento da Constituição e das leis. E o Estado não é, nem nunca foi, parte em qualquer ação de reintegração de posse”, disse Dino.

Conforme apuramos em notas oficiais as ordens para o uso do terreno teriam sido expedidas na gestão anterior a de Flávio Dino. E que o governador apenas cumpre as decisões da Justiça.

Mas, qual o interesse real do site Intercept Brasil em veicular informações direcionadas?

Parece que existe mais em jogo nesta questão do que supõe nossa vã filosofia.

E no Ceará a coisa pegou fogo! O senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado com um tiro de bala de borracha na tarde desta quarta-feira (19) em meio a um protesto de policiais amotinados que supostamente reivindicavam aumento salarial. Ele já saiu da UTI onde estava em observação e foi levado para Fortaleza. Seu quadro permanece estável e em franca recuperação, afirmou o boletim médico divulgado nesta tarde de quinta (20).

E o presidente Jair Bolsonaro tem recebido uma saraivada de criticas de entidades da comunicação dos direitos humanos e da classe artística por ter feito comentários injuriosos contra a jornalista Patricia Campos Melo. Na capa da  revista Istõe desta semana estampa uma foto gigantesca de Bolsonaro “dando uma banana com o braços”

A  Folha de São Paulo também emitiu um duro editorial contra o presidente. “’ O chefe de Estado comporta-se como chefe de bando. Seus jagunços avançam contra a reputação de quem se anteponha à aventura autoritária. Presidentes da Câmara e do Senado, ministros do Supremo Tribunal Federal, governadores de estado, repórteres e organizações da mídia tornaram-se vítimas constantes de insultos e ameaças”, afirma o editorial.

Nada de novo neste comportamento do Jair. Ele ficou famoso justamente por um temperamento impaciente e por análises toscas sobre a realidade. Por que será que só agora a grande mídia resolveu perceber isso? Antes tarde do que nunca.

Em Imperatriz a coisa parece que vai esquentar no cenário eleitoral. Mês que vem o TRE autoriza a “janela partidária”   que é quando os vereadores podem mudar de partido sem prejuízo para o mandato. A julgar por comentários nos bastidores a mexida poderá grande. 

E no Democratas de Imperatriz a briga promete ser de “cachorro grande” já que nomes com relativa densidade eleitoral estarão brigando por uma vaga para concorrer em 2020. Comenta-se que já está praticamente fechada a chapa no DEM, com dois vereadores, mais três ex-vereadores, além de secretários municipais e outras lideranças. Precisam só combinar com o povo antes, para ver se vai dar certo.