E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Abril 20
Radio Timbira
Camara Imperatriz
Estado

Clayton Noleto se reúne com Corpo de Bombeiros para tratar de ações para minimizar impactos da chuva na Região Tocantina

Segundo a Defesa Civil, a precipitação de chuva foi de 274 mm, ocasionando o transbordamento de riachos e a subida de oito metros do nível do Rio Tocantins.

16/03/2020 16h15Atualizado há 2 meses
Por: Francisco Junior
Fonte: Assessoria
691
Em Imperatriz, Clayton Noleto discute ações para minimizar os impactos da chuva na Região Tocantina.
Em Imperatriz, Clayton Noleto discute ações para minimizar os impactos da chuva na Região Tocantina.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, representando o governador Flávio Dino, esteve reunido no início da manhã desta segunda-feira (16), com o Corpo de Bombeiros para discutir o apoio do Governo do Maranhão em ações para minimizar os impactos causados pelas chuvas que caíram sobre a Região Tocantina na noite de domingo (15).

De acordo com o secretário, será realizado um levantamento dos danos na infraestrutura urbana para seja executado um trabalho de recuperação emergencial visando garantir a trafegabilidade. “Sei dos transtornos que são causados no período de chuva. Morei no Bacuri e lembro que quando chovia toda a família já ficava preocupada. Estamos fazendo uma grande mobilização para ajudar. Vamos fazer um levantamento, oferecer apoio na infraestrutura das ruas. Essa não é uma obrigação direta do Estado, mas diante da situação, vamos oferecer esse apoio para garantir a trafegabilidade”, afirmou.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto, informou que as famílias desabrigadas já estão sendo transportadas para locais seguros. “Vamos agora coordenar as ações de resposta a essa situação. Já foram feitos contatos com os órgãos a nível federal e vamos levantar os dados dos danos e dos desabrigados e desalojados. Já começamos a remoção dessas pessoas para locais seguros”, acrescentou.

Segundo a Defesa Civil, a precipitação de chuva foi de 274 mm, ocasionando o transbordamento de riachos e a subida de oito metros do nível do Rio Tocantins, o que deixou famílias desabrigadas e danificou boa parte da infraestrutura urbana das ruas. Entre os bairros atingidos está o Bacuri, João Castelo, Mutirão, Parque Alvorada, Vilinha, Cinco Irmãos, Vila Ipiranga e Santa Rita.