E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Agosto Dourado
Radio Timbira
Sonar

O Covid-19 em tempos de fake news

O Presidente boçal teve que engolir suas mentiras

Sonar

SonarCarlos Leen apresenta um jornalismo político direto dos bastidores, sempre de maneira critica e transparente

19/03/2020 12h47Atualizado há 5 meses
Por: Carlos Leen
346

 

A maior prova da funesta influência das fake news (notícias falsas) na vida das pessoas são estes tempos de coronavírus

Uma olhada nas redes sociais nos dão um panorama da falta de noção e ética de pessoas mal intencionadas e interessadas em propagar o pânico.

Já circularam absurdos desde vídeos falsos de pessoas desmaiando nas ruas e outros atribuindo o surgimento a hábitos alimentares dos chineses, até áudios apocalipticos  confirmatorios dos casos por aqui na grande Imperatriz.

Agora imaginem em época de campanha eleitoral onde a disputa pelo poder esgota todos os limites da razoabilidade em interesses postos de cada grupo.

Foi mais ou menos assim neste cenário de propagação de mentiras e caos que o atual presidente da república obteve a vitória em 2018. Lógico que outros fatores pesaram também,  contudo quem não se lembra de delírios como o "kit gay" ou a "mamadeira de piroca", compartilhados a exaustão nos grupos de Whatsapp e contas pessoais.

E é assim neste expediente de mentiras e confusões que Bolsonaro e sua família continuam a surfar uma onda tóxica para gerar engajamento em incautos e mal intencionados, obscurantistas,   negacionistas da Ciência, dos Direitos Humanos e o bom senço.

O Presidente segue com um perfil histriônico, boçal,  as vezes para dissimular , confundir .

Agora teve que aparecer de máscara,  dias antes  afirmou que a covid-19 era parte de um plano econômico de ditaduras comunistas e os cambau.

Sua retorica está se esgotando. Os panelaços de ontem parecem ser a ante-sala de seu declínio no poder.

Pra piorar ainda mais a situação,  o filho 02, Eduardo Bolsonaro,  inventou de inticar com a China e de maneira gratuita, causar um incidente diplomático.

Que Deus proteja o Brasil

Em tempo: O Ministério da Saúde disponibiliza na página saude.gov.br/fakenewscoronavirus uma lista de mitos que circulam pelas redes sociais, como a notícia falsa de que o chá quente é capaz de matar o vírus. O Ministério também tem um número para atendimento pelo WhatsApp: 61 99289-4640. Busque informação e compartilhe a verdade.