E-mail

redacao@correioma.com.br

WhatsApp

99 98190-5359

Radio Timbira
Novembro Azul
CORPO E SAÚDE

Mulheres, treinem membros superiores

A maioria das mulheres tem muitas dúvidas quando se trata de treino de membros superiores (braços) sugiro que isso deixe de ser uma realidade, confere o porque disso!

Corpo e Saúde

Corpo e SaúdeCorpo e Saúde. Por Eberson Ferreira

19/10/2020 07h09
Por: Eberson Ferreira
164
TREINO FEMININO
TREINO FEMININO

Uma frase quase que generalizada entre o público feminino praticante do treinamento de força é a seguinte: “eu não quero ficar com os braços fortes demais”. É fato que nas divisões dos treinos de homens e mulheres a maioria dos objetivos é focar não membros superiores e inferiores respectivamente, mas será mesmo que as mulheres conseguiriam ficarem masculinizadas a ponto de se compararem com o corpo masculino.

Atualmente há uma preocupação das mulheres quanto a ficarem masculinizadas, mas não há motivos, além das diferenças hormonais outros fatores não contribuem para isso. No entanto essas diferenças não significam que seja impossível para a mulher ganhar muita massa muscular. Existem fatores de crescimento como a isoforma autócrina/parácrina do IGF-1 (tipo insulina), liberados em decorrência do treinamento de força (musculação) que atuam diretamente na região estimulada, sendo considerado por diversas pesquisas científicas como um fator essencial do processo de hipertrofia muscular. O importante é direcionar o treino para que os objetivos sejam atingidos.

Portanto, os estímulos que são gerados durante as sessões de treinos se tornam fator quase que fundamental para isso, sendo assim, as mulheres não precisam estimular os membros superiores e os homens não precisam estimular os membros inferiores?

Segundo WELLS 1978, as mulheres são tão ou até mais beneficiadas com o treinamento de força quanto o homem. E a capacidade de força dos seres humanos provém primordialmente dos membros inferiores, ou seja, para o homem conseguir aumentar os níveis de força ele necessita fazer treino de membros inferiores.

Treinamentos de força para mudanças na composição corporal são da mesma magnitude em homens e mulheres (FLECK e KRAEMER 1999), logo, para a perda de peso, aumento de massa muscular e manter simetria do corpo é fundamental que o programa de treino contemple todo os músculos do corpo.

Em um treinamento de força idêntico as mulheres ganham força muscular na mesma velocidade ou maior do que os homens (CURETON et al 1988). 

Em geral ambos os gêneros têm o mesmo % de fibras tipo I e II (DRINKWATER, 1984). 

Em contrapartida os homens em repouso têm 10x as concentrações de testosterona das mulheres (WRIGHT, 1980). Isto é um dos fatores que explicar os maiores ganhos de hipertrofia muscular nos homens. 

Portanto, mulheres e homens não pulem seus treinos, mesmo que seja chato, que você não goste, a figura do profissional na elaboração do seu planejamento de treino é fundamental e se faz preciso que você seja fiel a ele, isso vai te evitar problemas futuros, deixar seu corpo simétrico, e te preparar para as tarefas mais simples até as que exijam um pouco mais de força.