Tecnologia Tecnologia

Golfinhos têm traços de personalidade semelhantes aos humanos

Segundo estudo, os mamíferos possuem comportamentos como curiosidade, sociabilidade, extroversão e amabilidade

22/02/2021 13h40
16
Por: Francisco Junior Fonte: R7 - João Melo, Do R7*
Foram estudados 134 golfinhos durante a pesquisa - (Foto: Pixabay)
Foram estudados 134 golfinhos durante a pesquisa - (Foto: Pixabay)

Cientistas da Universidade de Hull, na Inglaterra, realizaram um estudo que revelou que os golfinhos possuem traços de personalidade semelhantes aos dos humanos, assim como de alguns primatas.

Para fazer esta constatação, o grupo de psicólogos estudou 134 golfinhos-nariz-de-garrafa (56 machos e 78 fêmeas), espécie mais famosa do animal, em oito diferentes países e ao longo de uma década.

De acordo com os pesquisadores, esses mamíferos aquáticos apresentam comportamentos como curiosidade, sociabilidade e uma mistura de extroversão e amabilidade, assim como os chimpanzés.

Essa comparação foi feita em relação aos cinco traços de personalidade do comportamento humano: abertura (curioso, brincalhão e ativo), consciência (confiável, previsível e autocontrolado), extroversão (amigável, extrovertido e sociável), amabilidade (gentil, afetuoso e prestativo) e neuroticismo (ansioso, errático e emocionalmente instável).

"Os golfinhos foram muito importantes para este estudo porque, como os primatas, os esses mamíferos são inteligentes e sociais", afirmou o Dr. Blake Morton, psicólogo da Universidade de Hull, em comunicado divulgado pela instituição de ensino.

Segundo os cientistas, tanto os chimpanzés, quanto os golfinhos, possuem cérebros consideravelmente maiores do que o necessário para desenvolver funções corporais básicas. Logo, esse excesso de matéria cerebral aumenta a capacidade de inteligência destes animais.

"Ao longo de nossa vida, interagimos e formamos relacionamentos com uma grande variedade de pessoas, e os golfinhos fazem o mesmo uns com os outros. Coletivamente, ser inteligente e social, independentemente do ecossistema em que você vive, pode desempenhar um papel importante na evolução de certos traços de personalidade", destacou o Dr. Morton.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Paulo Guilherme