Educação EDUCAÇÃO

Aulas não presenciais começaram nesta quarta-feira (17) em Imperatriz

Os alunos retomam a rotina escolar via plataforma de aulas não presenciais

17/03/2021 15h14 Atualizada há 1 mês
40
Por: Hyana Reis Fonte: Assessoria
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Escolas municipais começam as atividades letivas de 2021 nesta quarta-feira, 17 de março. As 136 unidades de ensino de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos, EJA, retomam a rotina escolar via plataforma de aulas não presenciais e por semanários, enviados às famílias por aplicativos de mensagens.

Conforme calendário escolar, para essa volta às aulas, as instituições promoveram encontros pedagógicos, a fim de garantir o planejamento da rotina educacional e acolhimento de professores e coordenadores.

Com escolas ampliadas, reformadas ou construídas, fruto de aplicação do recurso do Precatório do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério, Fundef, sobraram vagas nesses estabelecimentos, ao todo 4.630. O que deu condições ao município de encerrar 12 contratos de alugueis que funcionavam escolas conveniadas, com 3.446 alunos matriculados.

Por essa razão, apenas nas instituições que receberam a transferência desses alunos, as aulas não presenciais iniciarão na segunda-feira, 22. São elas: Escola Municipal Fernanda Branco, Escola Municipal Pedro Abreu, Escola Municipal Vital Brasil, Escola Municipal Presidente Costa e Silva, Escola Municipal Gonçalves Dias, Escola Municipal Machado de Assis I e Escola Municipal Eliza Nunes. 

As famílias que preferirem matricular seus filhos em outras instituições, que não estejam entre as indicadas pela Secretaria de Educação, podem formalizar pedido na Semed. “Queremos favorecer nossos alunos em qualidade de ensino e estrutura, sempre respeitando o que for melhor para as famílias”, destacou José Antônio Pereira, secretário municipal de Educação.

As aulas da rede pública municipal iniciarão com mais de 41 mil estudantes enturmados. “Mais uma vez a matrícula on-line ocorreu na maior normalidade. Aos retardatários que perderam os prazos do período de matrículas, a equipe técnica da Semed continua atendendo na Secretaria. Ninguém ficará sem vaga”, reforçou o prefeito Assis Ramos.