Cidade CIDADE

Secretaria de Agricultura vai fiscalizar e orientar feirantes do Mercadinho

As ações serão realizadas com o objetivo de melhorar o funcionamento do setor

27/03/2021 12h00 Atualizada há 3 semanas
58
Por: Hyana Reis Fonte: Assessoria
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Prefeitura de Imperatriz vai iniciar nos próximos dias ações para melhorar o funcionamento do Setor Mercadinho, área que funciona como centro de distribuição de alimentos e hortifrutis para toda a região.

A primeira ação será uma campanha de educação junto aos feirantes visando melhorar o trânsito, evitar obstrução de passeios públicos e as condições de higiene do local.

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 25, com representantes das secretarias de Planejamento Urbano, Trânsito e Transportes, Superintendência de Proteção e Defesa Civil e Guarda Municipal, a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção, SEAAP, definiu a realização de uma campanha educativa junto aos feirantes.

 

O secretário Valdir Torres explicou que a iniciativa é necessária para o bem do próprio setor como a organização do trânsito, estacionamentos e aos feirantes que poderão atender melhor seus clientes.

“Como a secretaria sozinha não tem como fazer isso, precisamos de apoio de outros órgãos, por isso nos reunimos, para que feirantes e clientes entendam que nós da administração municipal estamos preocupados com a segurança e em melhorar as condições de quem visita e vai fazer compras”, ressaltou o titular da SEAAP.

Dentro das propostas, planejamento inclui a demarcação dos locais onde são montadas as barracas, para evitar que elas avancem a rua ou fiquem em cima das calçadas. Além da fiscalização com outros órgãos municipais, a SEAAP  vai manter uma equipe fixa dentro do Mercadinho.

“Nós vamos iniciar a fiscalização já após o feriado. Será um trabalho educativo para melhor uso do Mercadinho, que hoje é um dos lugares mais visitados da cidade, até mesmo que o Calçadão”, frisou.

Projeto de lei

O secretário Valdir Torres antecipou que juntamente com sua equipe elaborou um projeto de lei que será enviado à Procuradoria Geral do Município, PGM, com a proposta de regularizar e regulamentar a atividade de feirante em Imperatriz. Com o parecer da PGM, a matéria será enviada à Câmara de Vereadores para votação e possível aprovação.