Blogs e Colunas DIÁLOGO COACH

2. SÉRIE: Qual EXPERIÊNCIA você tira?

Episódio 02: A FACULDADE QUE NÃO QUER O MEU DINHEIRO

28/03/2021 16h12 Atualizada há 4 meses
248
Por: Karolinne Sousa
Imigrante pede respeito
Imigrante pede respeito

Uma vez que você abandonou as expectativas. Você aprendeu a viver!  (Osho)

Episódio 2: A FACULDADE QUE NÃO QUER O MEU DINHEIRO

Trabalhei no último ano entre 8 e 14 horas por dia. Vim descobrir o que era trabalho duro, aqui na Europa! Economizei, me privei de tudo que tinha costume no Brasil (salão de beleza, cinema, café com as amigas, roupas, viagens, cursos), pois tinha um objetivo: Entrar para o Mestrado em Gestão. Pois bem, passei na faculdade que queria, e tinha tudo organizado.

Contudo, no dia 22 de fevereiro, desisti dessa faculdade e recuei do meu sonho.

Razão: Descaso com o ser humano e mau atendimento. Vamos aos fatos. Recebi o boleto para pagar a matrícula, e o documento não tinha o desconto de 25% que havia conseguido. Logo, que recebi o email, solicitei o referido abono.

E eis, que a resposta fora: Onde foi que a senhora leu, que não tem direito ao desconto? Pague e requeira depois, e mais, a senhora não tem cartão de residência no país, então, não me venha pedir declaração de matrícula, uma vez que só a emitiremos, após um ano de pagamento do curso.

Detalhe, em nenhum momento solicitei declaração de nada, e mais, eu tinha o valor para pagar o curso integral, uma vez que havia conseguido o desconto. Não sei se naquela ocasião, eu estava sensível demais ou cansada ao extremo, então decidi não dar o meu dinheiro para aquela faculdade.

Segundo Philip Kotler: "uma instituição pode perder até 80% dos seus clientes muito insatisfeitos; 20% dos indiferentes; e talvez 10% dos satisfeitos, mas, quanto aos clientes muito satisfeitos, apenas 2%."

E agora mais um número muito interessante: 95% desses clientes muito insatisfeitos não reclamam, simplesmente mudam de fornecedor. Ou seja, se o cliente reclama é porque ele se preocupa em continuar seu cliente. E isso deve ser considerado.

No meu caso, preferi não reclamar, confesso que cheguei a escrever um email para o reitor e diretor da faculdade, mas nunca o enviei, o colaborador é reflexo do gestor e de gestão aquela faculdade não entende.

 Que experiência eu tirei?

Valorizar o meu esforço e não aceitar menos do que mereço.

As pessoas te dão o valor que você se dá. Recuar não é desistir!

Por fim, a inteligência separa pessoas maduras de imaturas. Pessoas inteligentes não se importam em se passar por tolo para que o tolo se sinta inteligente. Não deixe sua raiva roubar sua benção. A raiva dura só um momento, mas a sua atitude na raiva dura a vida toda. ( Diego Menin)