Tecnologia Tecnologia

Uau! Fotógrafos compartilham fotos que tiraram da superlua rosa

Fenômeno que ocorre a cada 14 Luas cheias faz com que satélite natural da Terra aparente estar maior e mais brilhante no céu

27/04/2021 14h21
18
Por: Francisco Junior Fonte: R7 - Sofia Pilagallo, do R7*
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Fotógrafos de todo o mundo aproveitaram a superlua rosa de segunda-feira (26) para tirar lindas fotos do satélite natural da Terra, que aparentava estar maior e mais brilhante para nós, observadores
Local: Derbyshire, Inglaterra

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Uma superlua ocorre quando a Lua está na fase cheia e se encontra no ponto de sua órbita mais próximo da Terra — o chamado perigeu

Local: Washington, Estados Unidos

O fenômeno não tem uma periodicidade exata, mas costuma ocorrer a cada 14 Luas Cheias, ou 1 ano e 48 dias 

Local: Nova York, Estados Unidos

Apesar do nome superlua rosa (Super Pink Moon, em inglês), o satélite natural da Terra não apresenta esta cor

Local: Green Hill, em Rhode Island, Estados Unidos

O nome tem origem nos Estados Unidos, onde tribos indígenas marcam a passagem do tempo pelas Luas cheias


Local: Pourtsmouth, em Hampshire, Inglaterra

Cada uma tinha um nome específico, e a de abril é "rosa" porque surge na mesma época que as flores róseas Phlox Subulata, uma planta selvagem norte-americana


Local: Orlando, na Flórida, Estados Unidos

Em alguns casos, no entanto, quando a Lua se encontra próxima do horizonte, ela pode apresentar um tom amarelado, alaranjado ou avermelhado


Local: Land O' Lakes, na Flórida, Estados Unidos

O professor Rodolfo Langhi, coordenador do Observatório de Astronomia da Unesp (Universidade Estadual Paulista), explica por que isso ocorre.

"Chama-se espelhamento da luz. A luz branca dos astros — que é a mistura de todas as cores —, ao penetrar na atmosfera terrestre, vai se espalhando em diferentes cores devido a composição dos gases do ar e das partículas em suspensão"

Local: Cobetts Pond, em New Hampshire, Estados Unidos

"Quando alguém olha em direção ao horizonte, significa que a luz do astro terá que atravessar uma camada mais grossa de atmosfera até chegar no olho do observador, então ela vai sendo espalhada nas diferentes cores, à medida que ele vai abaixando e chegando perto do horizonte", completa

Local: Fort Lauderdale, na Flórida, Estados Unidos

Desta forma, a Lua vai ficando primeiro amarelada, depois alaranjada, e por último, avermelhada, como na foto acima

Local: Wrightsville Beach, na Carolina do Norte, Estados Unidos