20°

Alguma nebulosidade

Imperatriz - MA

Dólar com.

R$ 5,17

Euro

R$ 6,14

Peso Arg.

R$ 0,05

Política POLÍTICA

Dino, Doria e Paes 'competem' para ver quem vacina mais; veja quem lidera

Governantes do Maranhão, São Paulo e cidade do Rio de Janeiro têm protagonizado uma "briga do bem" em prol da vacinação contra a covid-19

15/06/2021 10h46
60
Por: Hyana Reis Fonte: UOL
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em meio às preocupações com o risco de uma terceira onda da pandemia no Brasil, dois governadores e um prefeito, em especial, têm protagonizado uma "briga do bem" para ver quem vacina mais pessoas contra a covid-19 em menos tempo: Flávio Dino (PCdoB) e João Doria (PSDB), do Maranhão e de São Paulo, e Eduardo Paes (PSD), na cidade do Rio de Janeiro.

 A "disputa" começa quando um deles anuncia um evento festivo para incentivar as pessoas a irem se vacinar ou uma antecipação do calendário de imunização. Ontem, enquanto Dino promovia um "arraial da vacinação" no Maranhão, Doria divulgava seu plano de imunizar todos os paulistas acima de 18 anos até 15 de setembro. Hoje, foi a vez de Paes anunciar a intenção de adiantar o cronograma de vacinação no Rio.

"Me aguarde, João Doria. Você é o pai da vacina, mas eu já adotei a criança e já ganhei o coração do imunizante. Não me provoque. Estou preparando a resposta. Bora vacinar!", escreveu o prefeito, em tom descontraído, numa rede social. Doria, então, respondeu: "Bora, Eduardo Paes. Aqui também tem mais vacina na agulha. Vamos vacinar todos o mais rápido possível!".

Paes ainda fez elogios a Dino pelo "arraial da vacinação", deixando no ar a possibilidade de fazer um evento semelhante no Rio:  "Esse Flávio Dino está impossível. Até rave da vacina o homem está fazendo no Maranhão. Ainda vou pensar se dá para arrumar confusão com ele..."  Eduardo Paes (PSD), em meio a risos: "Já arrumou confusão, prefeito. É arraial da vacinação, com bumba-meu-boi, forró e mingau de milho", corrigiu o governador maranhense, também aos risos.

Mas, afinal, quem está vencendo a "briga do bem"? Na prática, todos ganham com o avanço da vacinação. Mas, segundo balanços oficiais, Eduardo Paes lidera a "corrida", já que a cidade do Rio tem 14,41% de sua população completamente imunizada — isto é, que recebeu as duas doses da vacina — contra a covid-19. 

João Doria e São Paulo vêm logo atrás, com 12,89%, enquanto Flávio Dino e Maranhão aparecem com 7,91%. Vale destacar, porém, que a cobertura vacinal costuma ser proporcionalmente maior nas capitais que nos estados. São Luís, por exemplo, tem 10,73% da população vacinada com duas doses, enquanto a cidade de São Paulo chegou hoje a 13,28Já o estado do Rio, governado por Cláudio Castro (PL), soma 9,76%.