25°

Alguma nebulosidade

Imperatriz - MA

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 6,18

Peso Arg.

R$ 0,05

Brasil BRASIL

Preconceito matou mais de 5 mil LGBTQIA+ no Brasil em 20 anos

O mundo comemora nesta segunda-feira (28) o dia do orgulho LGBTQIA+, e dados alarmantes mostram a violência sofrida pela comunidade no Brasil

28/06/2021 11h50
77
Por: Hyana Reis Fonte: CNN
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O mundo comemora nesta segunda-feira (28) o dia do orgulho LGBTQIA+, e um dado alarmante mostra a violência resultado do preconceito sofrido pela comunidade no Brasil. 

Segundo dados do Observatório de Mortes Violentas de LGBTI+, feito pelos grupos Acontece Arte e Política LGBTI+ e Grupo Gay da Bahia (GGB), foram contabilizadas mais de cinco mil mortes de pessoas representadas por essas letras em vinte anos.No ano passado, pelo menos 237 pessoas da comunidade LGBTQIA+ morreram por conta do preconceito. Deste total, mais de 94% das mortes foram homicídios, o que significa que 224 pessoas dessa comunidade foram assassinadas.

Esses números referentes a 2020 mostram uma queda de quase 30% se compararmos com os dados do mesmo levantamento de 2019. 

De acordo com os grupos que fazem a pesquisa, esses números estão em queda principalmente depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que colocou a homofobia entre os crimes na legislação brasileira.