20°

Alguma nebulosidade

Imperatriz - MA

Dólar com.

R$ 5,17

Euro

R$ 6,14

Peso Arg.

R$ 0,05

Educação EDUCAÇÃO

Obras do Centro de Ciências Agrárias da Uemasul segue em ritmo acelerado

Atualmente, estão sendo realizados os serviços de paisagismo, instalação elétrica, segurança, climatização, e acabamentos gerais

17/07/2021 11h00
48
Por: Hyana Reis Fonte: Governo MA
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As obras do Centro de Ciências Agrárias (CCA), da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL),segue em ritmo acelerado. Atualmente, estão sendo realizados os serviços de paisagismo, instalação elétrica, lógica, circuito de monitoramento de segurança, climatização, acabamentos gerais e construção de guarita. Recentemente, foram executados os serviços de sinalização das vias, pavimentação, iluminação e portal. 

As novas instalações do CCA irão proporcionar mais estrutura para imersão e produção da ciência e melhores condições para desenvolvimento da pesquisa, da inovação e da extensão universitárias. O prédio foi construído em um terreno doado pelo Sindicato Rural de Imperatriz, com aproximadamente 6 mil metros quadrados. Está localizado às margens da BR-010, próximo ao Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva. O novo CCA amplia a estrutura física da UEMASUL e representa um importante avanço para a formação dos futuros profissionais, conforme destaca a reitora Elizabeth Nunes Fernandes.

“Essa obra é um dos maiores investimentos do Governo do Estado, aqui para a Região Tocantina, na área de educação. Um prédio que vai atender aos cursos das Ciências Agrárias: Medicina Veterinária, Engenharia Florestal e Engenharia Agronômica. Estamos muito felizes por termos 95% da obra já concluída e, em breve, no próximo semestre letivo, devemos ocupar esse espaço. É um grande passo para a educação na formação de todos os alunos, de apoio aos professores e de avanço nas pesquisas da área de Ciências Agrárias”, ressaltou a reitora.

Durante visita à obra, o vice- governador Carlos Brandão falou sobre o investimento. “É uma belíssima obra que vai custar, ao final, em torno de R$ 20 milhões. Foi um sonho realizado de trazer, para esta região, a UEMASUL, um desafio que o governador Flávio Dino enfrentou com muito sucesso. E, hoje, trazemos para cá esse Centro de Ciências Agrárias, um grande centro de formação de profissionais para essa região que tem aptidão para o agronegócio, para a agricultura e para a pecuária”. 

Carlos Brandão informou que está sendo realizado um levantamento, com a reitora, das demandas de móveis, livros e materiais para laboratórios, para conclusão dos serviços.  O acadêmico Pedro Henrique Barbosa de Miranda está no 5º período de Engenharia Agronômica e faz parte da Empresa Júnior de Consultoria e Serviços Agropecuários e Florestais (Ecoagra). Ele ficou feliz por ver um sonho realizado e falou com entusiasmo sobre o novo prédio. 

“Estou muito impactado com a estrutura do prédio e muito feliz com essa conquista. A gente esperou tanto por isso. E vê-lo saindo do papel e prestes a inaugurar, é uma conquista muito grande! Irá proporcionar uma visibilidade muito grande, também, para a Empresa Júnior e iremos aprender mais”, afirmou o estudante.

Equipamento público sustentável

Com amplas e modernas instalações, o novo prédio possui 20 salas de aulas, 21 laboratórios, salas administrativas, biblioteca, auditório com 167 lugares, área de vivência, área externa para pesquisas e amplo estacionamento para 88 veículos.

É um equipamento público sustentável, na maioria de suas características, incorporando, em sua concepção, o equilíbrio ambiental, aliado aos recursos econômicos da manutenção da infraestrutura.

O prédio possui ações de ecossustentabilidade, com implantação de sistema de reuso da água da chuva e sistema de energia solar na iluminação das ruas de acesso e de toda área de urbanização no entorno do prédio.

O diretor do curso de Engenharia Agronômica, Tiago Cunha Rocha, que estava representando a diretora do CCA, Mauricélia Ferreira Almeida Laranjeiras, falou sobre as expectativas do início das atividades.

“A gente está sendo agraciado com uma estrutura muito boa, com vários laboratórios e salas de aula, que irão melhorar muito o ensino, a pesquisa e a extensão e o desenvolvimento regional, que é muito importante para o setor das Agrárias”, informou o diretor.

 

O novo Centro da UEMASUL é um grande marco para a cidade de Imperatriz e Região Tocantina. As instalações irão proporcionar mais estrutura para imersão e produção da ciência e melhores condições para desenvolvimento da pesquisa, da inovação e da extensão, seguindo as vocações regionais socioeconômicas, impactando diretamente na qualidade do ensino e aprendizagem, e ofertando mais oportunidades de acesso ao ensino superior para a população.