Polícia POLÍCIA

Policial suspeito de assassinar o médico Bruno Calaça segue foragido

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que o que todos os esforços para localizar o soldado Adonias

27/07/2021 16h36
50
Por: Hyana Reis Fonte: Imirante
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP MA) e informou que o que todos os esforços para localizar o soldado Adonias,  suspeito de ter matado a tiros o médico Bruno Calaça Barbosa, estão sendo feitos pelas polícias Civil e Militar.

Ainda de acordo com a secretaria e o Comando-Geral, todas as medidas de cunho administrativo e criminal serão tomadas pela Corregedoria Geral. A investigação do caso segue ao encargo da Polícia Civil.

Leia a íntegra da nota:

"A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP) e o Comando Geral da Polícia Militar sublinham que todos os esforços para localizar o Soldado Adonias Sadda, que fugiu do local do ocorrido, estão sendo empreendidos pela Polícia Militar e Polícia Civil. Ressaltam, ainda, que todas as medidas de cunho administrativo e criminal serão tomadas pela Corregedoria Geral. A investigação do caso segue ao encargo da Polícia Civil."

Entenda o caso

Bruno Calaça Barbosa, que havia se formado no curso de medicina há menos de um mês, foi morto a tiros em uma festa realizada em um estabelecimento na avenida Beira-Rio, na madrugada desta segunda-feira.

De acordo com testemunhas, o jovem foi morto após um desentendimento com uma terceira pessoa envolvida, mas o soldado Adonias Sadda acabou atingindo o médico Bruno Calaça. Imagens de câmeras de segurança da casa noturna registraram o crime.